Instruções Leoísticas

OBRIGADO

A gratidão está presente nos momentos mais simples. Um agradecimento, ou um simples obrigado, parece pouco, mas, para quem recebe, dá uma sensação única, de dever cumprido.  No movimento leoístico não é diferente, aliás, é constante ter momentos onde o C.LEO agradece ou recebe um agradecimento.

Durante as campanhas, nos deparamos com inúmeras situações, e são nesses momentos que recebemos o exemplo mais nobre e sincero da gratidão. É esse sentimento que devemos levar conosco e espalhar por todo o movimento e fora dele.

O reconhecimento deve aparecer nos mais diversos momentos. Por ter recebido ajuda para coordenar aquela ação que não encontrou tempo para organizar, ou o simples fato de recolherem a caneta que caiu chão.

Agradeça seus pais por darem a abertura de estar no LEO Clube, agradeça seus companheiros pelos momentos proporcionados em eventos, agradeça seus amigos por sempre estarem contigo em todas as horas, agradeça em todas as oportunidades, agradeça de forma verdadeira.

“A gratidão de quem recebe um benefício é sempre menor que o prazer daquele de quem o faz.” (Machado de Assis).

 

C.LEO Thiago Falabretti

LEO Clube Guaporé

 

Ler mais...

A gratidão nos torna grandes

Me auto desafiei a fazer uma instrução que apesar de muitos acreditarem ser extremamente fácil de descrever, estou me deparando com uma certa dificuldade, pois parei para pensar em qual é o real sentido sobre ser grato.

No meu primeiro encontro LEO recebi a seguinte pergunta: “O que pra você significa estar hoje dentro do LEO Clube?” E tudo o que vinha a minha cabeça, era gratidão, gratidão por estar ali, dentro de um movimento que me abraça como família, que me faz diariamente ver que os problemas de minha sociedade podem ser mudados pouco a pouco pelas nossas pequenas e grandes atitudes, que não nos basta termos apenas vontade, iniciativa, temos que tomar atitudes, agir, o LEO me mostra como sozinhos não fazemos grandes coisas mas que juntos movemos horizontes, me ensina como somos grandiosos e como temos um papel voluntario dentro de nossas cidades, o LEO me faz ver como devo agir e pensar, como ver o mundo não como é agora mas em como podemos transforma-lo para que no futuro seja justos para as próximas gerações,  mudamos vidas com nossas ideias, alegramos pessoas com nossas atitudes, e melhoramos a vida de inúmeros com nossa vontade, somos criativos, destemidos e humildes, e a isso eu sou grata, pois vejo e valorizo as pessoas que dentro desse nosso mundo conturbado ainda tem amor no coração e fé no espirito.

Um sentimento que dentro da nossa caminhada leoística é indispensável, tanto para nossos momentos de descontração quanto para nossas campanhas e trabalhos, lembrarmos de agradecer a Deus pela a oportunidade incrível de fazer parte desse movimento, e sempre, sempre ser grato pela a ajuda que damos, lembrar que estamos mudando a vida de pessoas que sonham com nossas atitudes, tornar reais os sonhos, tornar justas as vidas e tornar acima de tudo o mundo um lugar melhor, nós fazemos isso.

A gratidão nos torna grandes, faz tornarmos essenciais as mais pequenas e irrelevantes coisas, eleva nosso estado de espirito, e nos torna ainda mais humildes, me faz ver que todos os nossos bens materiais não se comparam a tudo o que temos dentro de nossas almas. Sou grata ao amor, as companhias, a família, sou grata pela vida, sou grata pelo LEO.

 

 

Amiga LEO Stéfani Navarini

LEO Clube Sananduva/RS

 

Ler mais...

“A gratidão é um dos sentimentos mais nobres que existe.”

A gratidão não é apenas dizer obrigado quando alguém faz algo por você, mas é apreciar as coisas que já estão em sua vida neste momento e as pessoas e situações que já estiveram em sua vida no passado também.

Quanto mais apreciamos as coisas, situações e pessoas em nossas vidas, mais atraímos gratidão para nós mesmos. A gratidão faz você agradecer aos outros, e isso encontramos no movimento leoístico, através de campanhas realizadas com a sociedade onde você convive, nas reuniões do clube, eventos leoísticos.

Após um término de uma reunião, um tchau de um evento para um conhecido próximo, temos que agradece-los pela presença, por ter se encontrado novamente, pois isso se torna gratificante para nossas almas.

O simples ato de dizer “obrigado” a alguém, pode fazer uma grande diferença nas nossas vidas, uma pessoa grata atrai coisas boas e está sempre pronta a fazer o bem, e é isso que esperamos e sempre encontramos onde quer que o LEO esteja.

 

C.LEO Rafael Frare

LEO Clube Guaporé

Ler mais...

 

Gratidão, quem sabe seja esta a palavra que há tempos procuro para tentar definir o que é ser e fazer parte do LEO Clube. Inúmeras vezes pensei em como nomear o sentimento de participar deste movimento, mas as respostas pareciam não serem completas. Solidariedade? Desenvolvimento? Alegria? Todas elas realmente são partes do significado de ser LEO, mas nenhuma outra denominação faz tanto sentido como gratidão.

Quem olha de fora para dentro do trabalho de um LEO Clube, ou quem acompanha externamente as campanhas realizadas, pode até pensar que servimos a comunidade sem nada receber em troca. Bom, não sabem eles que mais do que oferecer, recebemos muito além de volta. É a tal de reciprocidade, a gente oferece e no mesmo momento recebe, e não é pouca coisa não.

Recebemos a paz através do sorriso de uma criança, recebemos amizades que viram irmandade, recebemos a esperança através do brilho dos olhos de outro ser humano, recebemos responsabilidades, ganhamos a chance de enxergar com novas visões a realidade, recebemos amadurecimento e sensibilidade, recebemos a oportunidade de debater e aprender com o outro, desenvolvemos empatia, ganhamos abraços de valor imensurável, adquirimos a chance de errar, aprender, perseverar e reiniciar, recebemos a chance de nos tornar melhores, a oportunidade de descobrimos a nós mesmos, e além de tudo isso, ainda ganhamos um lar que não é feito de concreto, mas de afeto e respeito.

Quem sabe seja esse o segredo, compreender e enxergar a gratidão, e saber que ela é especial e nos transforma, surge nos detalhes, às vezes está naqueles que a gente deixa passar despercebidos. Se permita a encontrar, ela está em tudo, em cada ideia pensada, nas palavras ditas, nas ações promovidas, e até nos silêncios. Posso te dar um conselho? Agradeça! A gente não sabe o que o futuro nos reserva, mas fazer parte de algo como o LEO, onde há tantas trocas, onde se compartilha os sentimentos mais bonitos, reforça a vontade de expressar o quanto grato se é, e aí a gente mostra, e quem olha de fora pode até pensar que valor nenhum recebemos. Ah, se soubessem eles a riqueza que temos!

C.LEO Pricila Welter

LEO Clube Ronda Alta

 

Ler mais...

Muitas vezes perguntaram a estudiosos quanto custa para ser feliz. Até hoje não calcularam o valor exato para obter a felicidade. Porém, independentemente do que possuímos, almejamos, alcançamos e fracassamos, devemos agradecer todos os dias. Agradecer pela vida, por acordar diariamente, por termos saúde, pela família que serve como apoio e fonte de amor independentemente em qual situação estivermos, pelas amizades formadas, e pelas oportunidades que a vida nos oferece. Inúmeras oportunidades poderiam ser citadas, mas o LEO se sobressai. Entramos no movimento sem ter a noção do que é, de como funciona, e quais pessoas iremos conhecer ao longo desta jornada. Graças ao LEO percebemos que somos gratos por aprender a ser e a ter atitudes de gentileza, seja em doar a um desconhecido uma cesta básica na campanha de Natal, ao ver o sorriso de uma criança na campanha de páscoa, ao visitar um idoso que jamais espera receber tanto carinho ou até mesmo em motivar um companheiro de seu clube. Somos gratos ao perceber no olhar das pessoas o sentimento de gratidão quando são ajudadas, afinal, não somos obrigados a estarmos aqui ajudando o próximo em um final de semana em que poderíamos estar nos divertindo ou fazendo nossas tarefas pessoais. A gratidão é sentir a necessidade de continuar ajudando o próximo, de beijar o rosto de alguém, de abraçar e dizer o quanto a pessoa é importante na sua vida.

Porém, muitas pessoas acabam se perdendo no tempo e percebem, tarde demais, que deveriam ter agradecido pessoas e oportunidades proporcionadas. Devemos dar a vida uma carta branca para que ela se encarregue de nos impressionar e oferecer momentos incríveis durante nossa jornada. Portanto, sejamos nós, enquanto Companheiros LEO, gratos pela oportunidade de termos entrado neste movimento, por termos ajudado tantas pessoas que desejam o nosso bem, pelas amizades de tantas cidades que jamais pensaríamos em ter formado, pelas experiências que nunca iríamos vivenciar se não tivéssemos aceitado o convite para conhecer este movimento, sejamos gratos pela nossa família que entende nossas ausências em finais de semana quando vamos a eventos ou reuniões. Agradecer, seja em sorrisos, gestos, atitudes, as oportunidades que a vida nos oferece. E você, já agradeceu hoje?

 

C.LEO Octávio Augusto Stocco

LEO Clube Guaporé

Ler mais...

Um Obrigado nunca será demais

Começar a semana recebendo um agradecimento, por mais simples a atitude sua, será sempre melhor que apenas um adeus. Enxergar que você esta ajudando a sociedade em sua necessidade é algo tão valioso que não pode ser comprado.

Mostre seus dentes… Sorria. Larga um “De nada”, um “obrigado”, elogie, faça seu adeus tornar-se um “até logo”.

Ser receptivo e saber reconhecer são atitudes simples, mas que carregam um grande poder: é mostrar o melhor de si para o ouvinte, é sentir confiança no dia que está por vim e não se abalar com a dificuldade, assim, você estará sendo a diferença no mundo.

Acordar toda manhã para viver é um agradecimento ao Senhor pela chance dada. Levantar e lutar precisa de um sentido… Já pensou no fato do seu obrigado inspirar outra pessoa, gerando assim uma onda de gentileza?

Agora imagine o poder que você tem em seus lábios e em suas mãos, apenas esperando para ser usado em benefício a alguém.

Ser grato não é difícil, muito menos, é caro. Mas é algo tão valioso, que pode mostrar um sentido melhor para outra pessoa ou para si mesmo, a qualquer momento de sua vida. Então faça valer à pena todos os dias de maneira útil para seu próximo, assim como alguém fez para você, assim como o LEO fez para você. E crie uma sintonia de gratidão por ai todos os dias.

 

 

C.LEO Marco Antonio Tedesco.

LEO Clube Nonoai.

 

Ler mais...

Coisas acontecem

Coisas acontecem; aviões caem, a tempestade vem e destrói tudo que temos, alguém

que amamos parte. Como disse, coisas acontecem. Vezes é calmaria feito folha caindo da

árvore por causa do outono, vezes é uma explosão nuclear, vezes nem percebemos e vezes

paramos uma vida inteira para olhar.Então ficamos nesse vai e nesse vem. Esperando, ansiosos, por alguém que nos belisque e acorde desse pesadelo chamado acaso. Como suportar o fardo de planejar uma vida inteira e, por segundos, perdê-la pelo vão? Como aceitar que o destino que nos foi escrito por nós mesmos não é, de fato, o destino que nos fora dado?

Coisas acontecem; conhecemos alguém de alma tão compatível a nossa que não

pensamos duas vezes a nos entregar, conseguimos uma vaga de emprego que tanto queríamos ou então passamos no vestibular; como disse, coisas acontecem e a grande maioria delas chegam sem pedir licença. Vezes é como pular de bungee jumb sem medo, vezes é como pular de bungee jumb com medo.E aqui estamos, em uma roda gigante que parou de girar enquanto estávamos lá em cima. Agora sentimos o vento, e as estrelas parecem estar tão perto que podemos abraçar-las. Nesse momento nosso corpo paralisa em um frenesi de felicidade e então nos damos conta que estar aqui em cima, agora, abraçando as estrelas não estava exatamente nos planos que fizemos, mas que a vida tem dessas de explodir coisas que mudam o rumo da história, ou à

inicia. E assim, quase que de repente, nos vemos querendo fazer a roda gigante parar lá em

cima para todos ao nosso redor. Queremos ajudar cada alma abraçar uma estrela e descobrir

que planos são lindos, mas o acaso é transformador; ele faz com que a felicidade em que

estamos se transforme em vontade de trazer luz aos que não enxergam, calor aos que já não

sentem, lar aos desabrigados, alegria aos que choram e então nos vemos movidos por essa

força, que mais cedo ou mais tarde se expande em nosso ser, excede nossos horizontes e faz

cada limite que nos impomos desaparecer meio à gratidão que é fazer parte de tudo isso. E é

nesse momento que descobrimos que a fé move montanhas, mas a gratidão nos torna grandes

o suficiente para termos coragem de ir até o outro lado, por nós e por todos que ainda não

tem voz.

C.LEO MANOELA PASINI

LEO CLUBE GARIBALDI

DISTRITO LD-7

Ler mais...

Gratidão pelo que se tem

Gratidão é primeiro de tudo um sentimento genuíno e de pessoas com o coração não só para si, mas para as pessoas ao redor, ser grato pelo que se tem pelo que se pode ter e pelo simples fato de poder desejar o querer, ser grato pelas pessoas que conhecemos, e que um dia iremos conhecer.

É ter certeza de que todos os momentos vividos valeram a pena e que estarão para sempre guardados nas nossas lembranças, é ter a chance de poder reencontrar aquele amigo que há muito tempo não se via ou quem sabe aquela antiga paixão que desperte novamente algo a tempo adormecido.

É ser grato pelas coisas que podemos realizar e pelas que já realizamos, pelo bem feito de coração a aqueles que necessitam ou dos projetos feitos para a vida inteira, é ser grato por aquele sorriso sincero recebido de alguém que um dia encontrava-se cabisbaixo por algo que lhe tenha ocorrido.

Então tratemos com gratidão a vida que temos, as pessoas que conhecemos, os projetos que executamos, mas mais importante sejamos gratos pelo hoje e pela chance de escrever um futuro e curiosamente li em algum lugar esses dias: a vida te trata como você se trata.

 

C.LEO

Leonardo Col Debella Zanini

LEO Clube Tapejara

Ler mais...

A força que nos move

Gratidão, segundo o dicionário é característica ou particularidade de quem é grato, é ação de reconhecer ou prestar reconhecimento a alguém por uma ação ou benefício recebido. Para nós companheiros, amigos e convidados LEO, gratidão é muito mais, é a força que nos move, que nos faz continuar praticando o bem.

Não há nada como o sorriso de uma criança ao receber um doce, ao brincar conosco, ao conversar com o Papai Noel no dindinho. Não há nada como a alegria de um enfermo ao receber uma visita e ouvir cantos. Não há nada como ver o olhar de muito obrigada no rosto de quem precisava da ajuda que você e seus companheiros deram. Não há maior motivação do que perceber a gratidão que as pessoas tem por um simples gesto.

A gratidão tem uma força imensa de transformação, de unir pessoas para tornar o mundo um lugar melhor para se viver, é por meio dela que sentimos que o pouco que achamos ter feito, para aquele que está em dificuldade e recebeu uma mão amiga, esta torna-se tudo naquele momento. Através da gratidão, conhecemos pessoas, fazemos amizades. Quem não lembra de uma amizade que iniciou pelo reconhecimento do trabalho conjunto?! Por um simples “deixa que te ajudo” seguido de um “muito obrigada”.

Ser LEO é ser fortificado pela gratidão das pessoas e ser grato por isso e, pelas oportunidades que tivemos, pelas experiências que obtivemos e pela liderança que aflora destas oportunidades e experiências para fazer com que, cada vez mais, pessoas sintam-se melhores em cada ação que praticamos. Obrigada LEO Clube por me fazer compreender a força e o sentido que tem a palavra gratidão.

 

 

 

C.LEO Júlia Benetti Franzosi

LEO Clube Sananduva/RS

Ler mais...

Sentimento de ser grato

A gratidão é um sentimento que as pessoas têm em relação a algum gesto de bondade que tenham recebido de uma pessoa, uma instituição, uma empresa, etc. Normalmente fazemos o bem não esperando a recompensa, apenas fazemos porque nos sentimos felizes. Mas, mesmo não esperando a recompensa, quem faz o bem espera daqueles que foram beneficiados ao menos a gratidão, o reconhecimento do gesto.

Cobrar a gratidão das pessoas é algo que não devemos fazer. As pessoas têm ou não tem no seu coração o sentimento da gratidão. Somente quem sofreu a ingratidão de uma pessoa é que pode dimensionar o quanto machuca. E, após muitos e muitos machucados, mesmo a pessoa sendo bondosa, pode se tornar fria e receosa em continuar a fazer o bem. Não deve. Se fazer o bem faz parte de sua índole, de sua personalidade, continue. Isto lhe fará se sentir bem e isto é o que realmente importa para você se sentir feliz.

O mundo precisa ainda de muito amor, paz, fé, gratidão de um olhar de gentileza. Um bom dia, um boa tarde, um boa noite. São pequenos gestos tão simples, mas que no final fazem tanta diferença. Quantas vezes nos encontramos tristes precisando de um abraço, de um colo ou talvez de uma simples palavra. Quantas pessoas tem tanta coisa, mas falta-lhe apenas o amor, quantos por aí vivem na carência e na solidão, só na espera de um simples gesto de carinho. O mundo anda tão desumano e desigual, mas se cada um de nós tentarmos, ao menos, fazer a nossa parte, com certeza muitas coisas vão mudar e seremos mais leves, puros de alma e coração.

 

C.LEO Gustavo Baroni

LEO Clube Sananduva/RS

Ler mais...