Minha experiência Leoística

Voltar para Posts

Minha experiência Leoística

Gostar do que se faz, logo, desencadeia em fazer o que gosta. Digo isso pela minha, por hora, curta experiência dentro do LEO CLUBE, e vejo isso no espirito leoístico dos C.LEO mais “antigos”.

Sou uma privilegiada, pois dentro de tantos outros jovens, eu fui convidada a me unir ao LEO. Isso é um privilégio, que, talvez, alguns não tenham. Confesso que logo no início, estava muito desmotivada, pois não sabia o que, de fato era esse movimento. Mesmo assim, resolvi tentar, e como foi difícil, para mim, um grande sacrifício, acordar aos domingos e ter de ir à uma reunião.

Admito que só continuei pela vontade e orgulho de minha mãe, ao perceber que eu fui uma privilegiada, oportunidade que ela não teve. Então eu segui firme, passando pelas reuniões, causas beneficentes e por cada desafio proposto pelo Clube.

Hoje, seis meses depois, continuo no LEO CLUBE, não mais pela vontade dos outros, mas, por mim, e por tudo que o LEO me proporcionou e ainda vai proporcionar. Eu gosto de fazer esse bem sem olhar a quem, que o movimento nos incentiva. Gosto de saber que ajudei alguém, o sentimento é tão bom e grandioso, se eu pudesse expressa-lo talvez, usaria palavras como gratidão ou amor.

Quero que você tenha a chama do LEO e que seja um leão, porque eu também quero ter a chama LEO, e ser um leão. O LEO CLUBE lhe abre novas portas, lhe apresenta novas visões, novos caminhos, ele constrói novas pontes, novas amizades, novas oportunidades, que talvez, você que foi um privilegiado, jamais teria.

C.LEO Julia Tedesco

LEO CLUBE Ibiraiaras

Compartilhar publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 9 =

Voltar para Posts