QUAL O SENTIDO?

Voltar para Posts

QUAL O SENTIDO?

Em março de 2008, com 16 anos, ao participar da primeira reunião do LEO da minha vida me fiz esse questionamento…    Qual o sentido de tudo isso?
Pois é, como era estranho tudo aquilo, uma galera unida e totalmente diferente uns dos outros, não era uma tribo, não existia uma moda, mas todos tinham o mesmo ideal, servir e liderar.
Não imaginei que ia ser tão difícil no início, todos aqueles LD, D4, D2, D7, DM, associado, past, amigo, companheiro, leão, LIONS, tios e tias, presidente, coordenador, enfim, pensei que minha cabeça nunca iria decorar tanta sigla e tantos nomes, mas com o tempo tudo foi ficando mais fácil.
Bom, eu sei que o tema dessa instrução é outro, e que vocês devem estar se perguntando… Por que eu estou falando de algo que aconteceu há quase 10 anos atrás?  Eu lhes digo! Porque foi quando a palavra “GRATIDÃO” começou a fazer sentido para mim. De que forma?  Eu explico!
Quando fui ao meu primeiro evento, a conferência do LD-7 em Garibaldi, nossa, foi nesse dia que percebi um pouco mais do que era LEO. Desde a chegada até a hora de ir embora meus olhos brilhavam, aquela galera toda reunida e se divertindo, as oficinas que despertaram minha atenção do início ao fim, a festa onde pude conhecer pessoas de toda a região, resumindo, fui muito bem tratado e nunca mais esqueci isso. Dizem que a primeira impressão é a que fica, então posso dizer que o LEO Clube está de parabéns, pois minha primeira impressão já dura nove anos.
Gratidão…  Era tudo que eu sentia, vontade de retribuir todo o bem que o clube estava me fazendo naquele momento. De que forma eu retribui?  Fazendo o bem, servindo, desde o momento que entendi o sentido de LEO não consegui mais parar, eu ia a todos os eventos, reuniões, campanhas, e tudo era incrível. Nosso clube estava unido e cada vez maior, a diversão e a amizade era foco em qualquer atividade. É por esse motivo que hoje, na presidência do clube, eu luto para que mais jovens tenham essa oportunidade, de conviver com pessoas maravilhosas, de bem, independente de classe, raça ou tribo, todos estão unidos pelo mesmo ideal. O que mais quero é que toda essa paixão que sinto não fique apenas em mim, mas que contagie a todos que hoje estão, e que futuramente viram a fazer parte do clube.
Lembram-se da gratidão?  Pois é, hoje é assim que me sinto grato, estando à frente do clube e incentivando a todos, pois não quero que isso acabe, tenho certeza que se eu conseguir transmitir a um companheiro todo o meu amor pelo movimento, o LEO Clube nunca terá fim, pois ele fará o mesmo por outro, que fará por outro, e por outro, e por outro.
Gostaria de citar outros momentos em que devo gratidão a esse movimento, como o meu primeiro emprego, a ajuda em momentos difíceis, e saber que meus melhores amigos estão ou já estiveram presentes no clube, enfim, são muitas histórias e lembranças para serem resumidas em poucas linhas, mas com certeza nunca saíram de minha memória.
Para finalizar, só gostaria de agradecer ao responsável por muitos dos melhores momentos da minha vida. Obrigado LEO Clube, te devo uma!

C.LEO Andre Ferreira
LEO Clube Vacaria

 

Compartilhar publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 2 =

Voltar para Posts