Centenário do Companheirismo

Dois mil e dezesseis, um ano muito importante para o movimento que se espalhou por todo o mundo e perdura até hoje. Neste ano, o LIONS Clube completa cem anos de história, solidariedade, felicidade e liderança. Caminhando junto a ele, o LEO Clube, um movimento completo, o qual, de tão bem organizado e equilibrado já se espalhou por todos os continentes. Um movimento que ensina muito além do que se imagina. Entrar no LEO, já é, por si, um processo de auto aperfeiçoamento. O LEO forma líderes competentes, os quais desenvolvem o equilíbrio de todas as habilidades necessárias para serem verdadeiros líderes, nunca se esquecendo da ética e da valorização de cada um.

Muito mais do que liderança, ensina a todos lições de vida inesquecíveis, mostra a tese de que precisamos parar de cuidar só da nossa vida e pensar no coletivo. Muito mais que um movimento, o LÉO é uma família, a qual promove diversas vezes ao ano o encontro de seus membros, promove a integração dos mesmos e a interação de ideias. Ser associado, já é por si motivo de orgulho, já traz a sensação de que muito se tem a fazer pelo mundo e aliada a ela a satisfação de cada um após cada campanha realizada com sucesso, cada sorriso estampado no rosto dos que a realizaram, após ver o brilho nos olhos de idosos, adultos, crianças e todos os que lá interagiram.

Cada um de nós tem em si um lado solidário e que se importa com a humanidade, o LEO incorporou isso, o que aliado ao espírito e determinação dos jovens faz toda a diferença. Nele se encontram pessoas das mais diversas idades, e se faz tão importante para todas pelo fato de influenciar, e muito, na formação pessoal de cada uma. Tudo isso aliado com a força de vontade, disponibilidade e dinamismo, o que dá asas a criatividade e reforça ainda mais disposição para realizar campanhas cada vez mais eficazes e mudanças cada dia maiores e mais necessárias para a sociedade.

O LEO se diferencia, por todos esses motivos e muitos outros indescritíveis, que só quem participa conhece e por consequência disso se tornou global. Foi bem aceito onde chegou, despertou o sentimento de solidariedade onde foi implantado. E esses cem anos de história só mostram o quanto cresceu e o quanto ainda pode crescer. Esse centenário é a prova viva de que todos podem mudar vidas. E mais que isso prova que o movimento tem bases sólidas e por consequência disso permaneceu por tanto tempo, tem potencial, e por esse motivo tem tantos membros e o mais importante, tem o espírito de mudança, e por isso deixa marcas positivas em todos os lugares onde passa.

C.LEO Gustavo Zanella

LEO Clube Serafina Corrêa

Ler mais...

Ao longo de nossas vidas

Ao longo de nossas vidas, buscamos sempre o melhor para nós, mas sentimos a falta de algum sentimento que preencha um vazio involuntário que existe dentro de nós. Descobrimos então, que ajudar ao próximo é tão bom quanto ajudar a si mesmo. Foi  isso que aprendi ao entrar para o movimento LEO.

De inicio não entendia muito e não sentia aquele prazer que os mais experientes no movimento demonstravam em cada palavra dita. Tudo era questão de tempo. E hoje, sinto esse prazer ao falar do LEO.

Todos nós temos um momento de baixa em nossos clubes, mas isso não é motivo para abandoná-lo. Basta um evento para reencontrar as amizades que foram feitas ou até mesmo uma simples campanha para dar um ânimo e deixar esse sentimento voltar a tomar conta de ti.

Acredito que o maior arrependimento dos CC.LEO, é o de não ter conhecido antes o movimento. O retorno em nossas vidas é muito maior do que podemos imaginar. O sorriso de uma criança, o abraço quente e sincero de alguém, a chance de por algum momento, deixar o dia de uma família mais alegre, são coisas que só o LEO Clube te proporciona e que nada nesse mundo pode comprar.

Por isso, C.LEO, aproveite cada momento dentro do movimento e agarre com as duas mãos tudo o que lhe for proposto. Dê risada, chore, ajude uma família, se divirta, abrace, faça amizades, pinte a cara da criança, cresça e agradeça, pois quando vemos, o tempo passa tão rapidamente que não nos damos conta de demonstrarmos a gratidão em poder dizer: “eu sou C.LEO”.

C.LEO Octávio Augusto Stocco

AL 2016/2017

Ler mais...

Valeu a pena

Depois de quase oito anos, paro e penso: porque ainda continuo fazendo parte do LEO Clube? Porque nos finais de semana ao invés de ficar em casa descansando eu ainda prefiro ir para reuniões ou campanhas? Porque eu troco minha cama confortável pelos colchões de ar nos alojamentos e pelas filas para o banho? A resposta não é difícil, é só lembrar os momentos que vivi e ver que tudo valeu a pena! A pessoa que me tornei deve muito a esses anos de movimento: a vontade de crescer, de transformar, de criar, de melhorar, de ser LÍDER.

O LEO me mostrou que empatia, humildade, bondade, perseverança, atitude, gratidão e, principalmente amor, devem ser sentimentos presentes em nossos dias. Pensando agora, o LEO não apenas me mostrou isso, ele me trouxe.

Me trouxe amigos que se tornaram irmãos e que levarei sempre comigo; me presentou com alguns dos momentos mais felizes e emocionantes da minha vida; me ensinou como repassar ensinamentos, como ajudar o próximo e mudar realidades; me mostrou que a vida vai muito além dos nossos mundinhos e que temos muito poder nas nossas mãos, basta querermos usa-lo!

Tenho orgulho do pin que carrego, do uniforme que uso. Tenho orgulho de ser uma Companheira LEO e fazer parte desse movimento, e prometo, que enquanto eu puder, estarei aqui, atuante, lutando por aquilo que acredito e defendo, porque no final tenho certeza que tudo vai valer a pena.

C.LEO Natalhie Guerra Vieira

LEO Clube Nonoai

Ler mais...

Olhar com o coração

Na adolescência a maioria dos seres humanos passa a formar suas próprias opiniões e seu modo de ver o mundo, o que influencia diretamente seu futuro. Afinal, geralmente é nessa fase que se escolhe a profissão desejada, opção que – em regra – perdura para o resto da vida. Além disso, várias definições precisam ser feitas diariamente por pessoas que não possuem vasta experiência em tomar decisões sozinhas, seja na vida pessoal, escolar, acadêmica ou profissional. Nesse sentido, o LEO Clube representa um movimento importante que muda a vida de diversos jovens de inúmeros países que se encontram nessa fase, e isso ocorre por muitas razões.

Primeiramente, a grande oportunidade de adquirir experiência para liderar é o que torna os Companheiros LEO jovens mais seguros, capazes de delimitarem seus objetivos e buscarem os mesmos incessantemente. Através de tarefas que são desenvolvidas em campanhas, reuniões e eventos, os associados passam a ser pessoas aptas a realizar diversas atividades e adquirem o espírito de liderança, que é o grande sentido do movimento. Com essas duas qualidades, sempre serão vistos de forma diferente pela sua comunidade, tendo em vista que se tratam de virtudes que não são potencializadas facilmente nos adolescentes do mundo digital e globalizado.

Além disso, o movimento é patrocinado pelo Lions Clube, que representa um efetivo clube de serviço que procura atender as necessidades da comunidade local e do mundo. Dessa forma, é uma consequência natural dos membros do movimento LEO desenvolverem o espírito de solidariedade, bem como presteza e empatia. Esta última caracterizada pelo “colocar-se no lugar do outro”, o que é amplamente debatido na mídia atual, porém, raríssimas vezes ocorre na realidade. Dessa forma, os Companheiros que aproveitam as oportunidades dentro de seu Clube tornam-se pessoas que enxergam os problemas sociais e buscam resolvê-los, diferentemente daqueles que até os veem, mas somente criticam, sem realizar nenhuma atitude em prol disso.

Diante disso, o movimento no qual estamos inseridos definitivamente pode representar uma das maiores oportunidades de nossas vidas (se soubermos aproveitá-la, é claro). Desse modo, a principal razão para permanecer no Clube é o nosso próprio desenvolvimento pessoal. No entanto, isso depende do ser humano que objetivamos nos tornar, tendo em vista que a oportunidade é a mesma para todos e cada um deve doar-se da melhor maneira possível. Assim, como decorrência imediata da busca pelo desenvolvimento do espírito de liderança, os adolescentes tornar-se-ão pessoas empáticas e solidárias, até porque, como líderes, devemos sempre olhar com o coração.

 

  1. LEO Betina Santoro Benvegnú

LEO Clube Casca AL 2016/2017

Ler mais...

Eu escolhi o LEO

A gente sabe que na vida nem tudo é um conto de fadas, que nem sempre as coisas acontecem como planejamos, ou da maneira que gostaríamos que elas acontecessem, mas existem oportunidades únicas que transformam nossas vidas para sempre.

Faziam exatos 547 dias que eu havia me afastado do LEO por diversos motivos, sim eu contei, pois foram dias difíceis, deixei de lado meu clube, meus amigos e a promessa que havia feito de praticar o bem e ajudar o próximo sem esperar nada em troca, situações que em quase 5 anos de clube nunca tinham acontecido. E quando eu finalmente parei para refletir sobre o que isso significava eu percebi o quanto o LEO foi e vem sendo importante na minha vida, durante esse tempo, eu entrei na faculdade de Direito, troquei duas vezes de emprego, conheci pessoas, me despedi de outras e a única coisa que continuou ali foi o LEO Clube.

Posso falar por experiência própria, que é extremamente difícil permanecer distante de algo que se gosta, de algo que dedicamos grande parte do nosso tempo buscando, na medida do possível construir um futuro melhor para nossas sociedades, nos sentimos incompletos, é como se faltasse algo e honestamente é um pedaço de nós que nada é capaz de substituir.

Quando alguém me questiona sobre o que é ser LEO não preciso pensar muito para dizer que se trata de um movimento onde somadas as oportunidades e as experiências, líderes são formados, são jovens que trabalham por um objetivo em comum que é ajudar a transformar realidades em todo o mundo.

Num mundo de todas as cores o LEO abriga cada composição, são tintas que pintam que tecem a vida e contam histórias, essas cores quando bem nutridas vibram de forma incomum, as pessoas se destacam quando são amadas, e os gestos de solidariedade só aumentam quando são motivados. Existem vários caminhos para que possamos contemplar o pôr do sol e são momentos grandiosos como os que vivemos dentro do LEO que justificam as pessoas que nos tornamos e são esses momentos que fazem a gente se perguntar porque decidimos construir um futuro dentro do LEO Clube.

Eu escolhi o LEO, porque meu clube é minha segunda família, foi aqui eu encontrei os melhores amigos do mundo, pois somente quem faz parte do movimento é capaz de sentir o que ele significa em toda sua plenitude, aprendemos o real significado da frase a união faz a força e que mesmo quando estamos ausentes, sempre vai ter alguém que vai lembrar de nós, que as responsabilidades podem ser um desafio, mas o crescimento pessoal é algo que não tem preço, as experiências que vivemos aqui são as melhores de nossas vidas e o que levamos de cada uma delas refle em nós mesmos é porque se nossa vida começou a mudar a razão foi o LEO fazer parte dela.

O LEO mudou a minha vida, se tivesse que resumir tudo que vivi dentro do movimento em uma palavra seria Gratidão, sou grata pelos amigos, pelas oportunidades, pelas experiências, pelos conselhos que me fizeram amadurecer bastante, por fazer parte de um clube maravilhoso, afinal de contas todo o meu patrimônio são os meus amigos.

 

 

  1. LEO Amanda Caroline Zini

LEO Clube Barra Funda

Ler mais...

Eternamente LEO

Ser C.LEO é ser esperança, amor e união. É ser a alegria no dia de natal para o rosto triste de uma criança. É ser a conquista de uma pessoa idosa ao ensinar o que mais sabe. É se doar para satisfazer ao outro e ficar encantadoramente satisfeito por tê-lo feito. É aprender a lidar com as coisas difíceis do dia a dia e usá-las para atravessar barreiras! Quem já foi LEO, nunca o deixará de ser, pois leoísmo não é apenas um cargo ou ensinamento. É um sentimento, como o primeiro amor. Podem vir outros, mas ele jamais será esquecido. Tornar-se um LEO é uma opção, porém deixar de ser.. não!

C.LEO Brenda Luá Biazus LEO Clube Tapejara AL 2016/2017

Ler mais...

A esperança que bate em tua porta

Uma vez me falaram que para a humanidade não havia mais esperança. Eu, tolo, me pus a pensar no que isso significava. Seria apenas um momento de desespero? Um pensamento rápido? Ou seria verdade?

Talvez grande parte das pessoas pense dessa forma. Pensam que nossos tempos são difíceis e que só existem momentos escuros, falta de compaixão e a morte do amor. E tu, C.LEO, o que pensas? Acredita que essa humanidade tenha salvação? Podemos ser extintos? Mas eu lhe darei motivos para pensar de outra forma:

Lembra-se daquela Campanha de Dia das Crianças? Elas sorriam verdadeiramente, por alguns minutos toda a dor sumiu e tudo o que ali havia estampado em seus rostos era alívio e seus olhos diziam: “Obrigado!”. E aquela Campanha no Lar de Idosos? Um dia inteiro conhecendo histórias que muitas vezes foram contadas, mas dessa vez foram ouvidas com atenção e empatia. Histórias que estavam sendo esquecidas em uma caixinha no porão de seus corações e que um dia nunca mais seriam contadas. Como poderíamos esquecer-nos da famosa Campanha do Abraço?! Quantas pessoas se sentiram seguras dentro daquele abraço! Pessoas que tanto precisavam de um pequeno gesto como esse se sentiram amadas novamente e puderam perceber que elas têm valor dentro da sociedade que estão inseridas.

Ser voluntário não é nada fácil, mas ao deitarmos nossa cabeça no travesseiro conseguimos pensar “Eu fiz a minha parte!” ou “Eu tornei a jornada de alguém mais fácil hoje” e dormir tranquilamente com um sorriso no rosto. Nem sempre conseguiremos fazer com que a campanha saia perfeita ou que ela não tenha alguns contratempos. São riscos que corremos. Mas mesmo que aconteça algo, precisamos pensar na mensagem que deverá ser transmitida e em quem podemos ajudar.

Talvez a humanidade tenha esperanças, futuro e até mesmo um lindo caso de amor com a vida. Sabe onde estão? Em um sorriso verdadeiro. Em um “Obrigado” simples, mas sincero. Nas pequenas ações que transformam nossas vidas em um jardim florido. Nem todos sabem disso, esse é um mistério que todos terão que desvendar em sua jornada, mas cabe a ti ajudá-los com isso.

 

 

C.LEO Gabriela Zanardi – Segunda Secretária

LEO Clube Caxias do Sul – São Pelegrino

Ler mais...
Leonard Fournette Authentic Jersey